quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Meu amor

Descobri o amor nos teus olhos
Descobri o que é ser mulher no teu corpo
Descobri o que é carinho no teu colo
Descobri que não podia desistir quando te conheci
Descobri a vida quando estava desistindo dela
O amor verdadeiro é nossa essência escondida e protegida.
Obrigada universo, obrigada Deus, por me ter dado o privilégio
De ter reencontrado meu amor,
Mesmo que ironicamente desconexo.
Amor para sempre, amor eterno, amor verdadeiro.

CORAGEM

Quem somos nós sem nossas dúvidas e dissabores?
Somos seres viventes e aprendentes,  seres comuns com goticulas saudáveis de uma insanidade coerente com uma sociedade historicamente doente.
Conceitos ressignificados  tornam nossa vivência um tanto quanto mais possível. 
Sem medos, dores, decepções e perdas não somos nada.
Sem esses componentes não seríamos capazes de crescer e muito menos de eleger o que queremos,  o que podemos, o que somos e o que sonhamos.
A vida é feita de abismos, justamente para que nos estruturemos emocionalmente para seguirmos em frente.
O que precisamos é dar mais valor às nossas emoções,  não desconsiderando nossas  histórias  de vida, mas construindo uma ponte positiva que não bloqueie nossos corações e nos faça continuar vivendo e acreditando!
Não podemos desistir de um todo por causa de poucas e pequenas partes.
Não devemos atribuir Desculpas para nossas impossibilidades de lidar com nossas emoções. 
Devemos é ter coragem de olhar para dentro de nós mesmos e descobrirmos o quão permissíveis  fomos com nossos fracassos e o quão permissíveis estamos sendo deixando escapar por entre nossos dedos os grandes momentos de estarmos em paz, permitindo sem medo viver novas experiências que nos acalente o coração,  nos tornando capazes novamente de sentir.